Buscar
  • Tênis na Mala

Uma “road trip” de motorhome pela Pacific Coast Highway

Atualizado: 24 de Mar de 2019



Fazer uma viagem pela Pacific Coast Highway (PCH, Highway 1), o famoso itinerário da costa californiana pelas rodovias federais 1 e 101, já é conhecidamente uma das “road trip” mais fantásticas do mundo; percorrê-la, então, em um motorhome torna a viagem uma empolgante aventura.


Obviamente, a experiência visual e cultural proporcionada pelo itinerário não cabe aqui neste relato. A cada curva da PCH, você se depara com algo único, que fica gravado na sua memória de forma indelével, dada a beleza, a relevância histórica, ecológica e turística dos pontos de interesse e das cidades aninhadas ao longo do trajeto.


Nesta viagem, eu e meus amigos partimos (“corajosamente”) de Los Angeles (L.A.), mais precisamente de Long Beach, e seguimos até San Francisco. De lá, retornamos pela costa em direção ao sul da Califórnia, até San Diego, e depois voltamos para LA para o voo de volta ao Brasil.


L.A. é o coração de aço e concreto da Califórnia, com as rodovias de 6 pistas e viadutos dançando de um lado para o outro. A cidade tem e oferece tudo a todos em seu domínio cosmopolita. Não é por acaso que faz parte de tantas histórias e dramas reais, utópicos e distópicos.


Quanto a San Francisco, embora atarantada como L.A., a arquitetura e o estilo da cidade mitiga a noção de megalópole. Foi uma emoção ver de perto e atravessar a onipresente Golden Gate Bridge, ícone da cidade. Da mesma forma, apesar de uma incômoda chuva (chuva na Califórnia, em janeiro… pois é!), foi emocionante tomar o estiloso bondinho na Powell-Hyde Station e depois caminhar na sinuosa Lombard Street e nas ladeiras da cidade, tantas vezes personagens dos filmes que me marcaram desde adolescente.


E foi sensacional comprovar que a grande San Diego, incluindo La Jolla, é um dos lugares mais atraentes do mundo para se morar. Esbanja beleza e uma atmosfera aconchegante, aliada a um grande centro de turismo e negócios. Se não bastasse, possui um dos melhores zoológicos do mundo, que parece te transportar para um Safari africano.


No trajeto entre estas metrópoles - que, diga-se, tivemos que planejar com bastante cuidado, pois estávamos em um grupo com 6 motorhomes - percorremos na PCH diversas localidades paradisíacas ao longo do trajeto, tais como a linda Solvang, um pedacinho da Dinamarca encravado no centro da Califórnia, 250 Km ao norte de LA; Pismo Beach, um calmo e simpático balneário; Monterey, com ruas no velho estilo de cidades pesqueiras do começo do século passado, onde está localizado o deslumbrante Museu-Aquário, com suas mostras gigantescas, que te fazem imaginar estar no fundo do oceano, e que inspirou a locação da animação “Procurando Dory (Finding Dory-2016)” da Pixar; e Carmel-By-The-Sea, onde você pode apreciar de perto o encanto singular da costa pacífica, percorrendo a 17-Mile Drive, um itinerário turístico dentro de um condomínio fechado, recheado de cartões-postais;


Depois, seguindo para o sul, percorre-se a Big Sur até San Simeon, onde se veem a fantástica e popular Bixby Creek Bridge, construída entre dois morros abismais, que despontam para a imensidão do Pacífico, a McWay Falls, uma perene cachoeira que deságua em uma pequena prainha paradisíaca cercada pelo relevo acidentado das montanhas, e o Ragged Point, local onde está instalado um resort, com restaurantes e lanchonetes, tendo ao fundo um penhasco que proporciona uma privilegiada vista do Pacífico. Uns minutinhos mais ao sul e você chega na colônia de elefantes-marinhos, na praia próxima a San Simeon, um dos muitos pontos de interação com a natureza existentes na Califórnia, onde a fauna do pacífico vem passear serenamente, em meio a nós turistas maravilhados com seus celulares e máquinas fotográficas.


Ainda em San Simeon, em meio a tantos recantos naturais, não se pode deixar de visitar o exótico “Hearst Castle”, mansão construída pelo magnata William Randolph Hearst, no começo do século passado. De longe, pode se avistar a mansão, impondo-se majestosamente no pico das montanhas arborizadas de San Simeon, o que me fez relembrar a introdução do épico “Cidadão Kane (Citizen Kane-1941)”, cujo protagonista foi inspirado em W.R. Hearst.


Foi um privilégio ver de perto todos esses lugares e monumentos, que sempre povoaram minha imaginação desde jovem, alimentada pela cultura pop americana trazida pelo cinema, televisão, livros e revistas. Os pontos turísticos da PCH são todos marcantes e eu, por certo, ainda quero voltar lá para conhecer melhor alguns lugares, que precisam de mais tempo para serem desfrutados a contento.


E igual privilégio foi desfrutar todos estes momentos com minha filha e o grupo de amigos, numa caravana brasileira de motorhomes que alugamos da Cruise America. Como disse antes, a experiência de fazer um “road trip” de motorhome, hospedando-se nos simpáticos e organizados campgrounds ao longo de pontos paradisíacos, insere uma nota aventuresca na viagem, impossível de se usufruir ficando em hóteis. California Dreamin’!


Autor: Helder Carvalho - Fotos: Cléber Assis

35 visualizações